A criatividade desempenha um papel importante no marketing, pois é capaz de atrair e manter a atenção da audiência por meio de mensagens impactantes, memoráveis e originais. No copywriting – escrita persuasiva e de abordagem única – a criatividade pode ser exercida por meio de trocadilhos, jogos de palavras, metáforas, bom humor, dentre outros recursos aplicáveis a slogans, títulos e textos.

A criatividade impacta a eficácia das campanhas publicitárias e pode aumentar o engajamento nas mídias sociais.

Um anúncio criativo é aquele que é único, incomum ou chama a atenção de alguma forma, por meio de palavras ou imagens.

(BAACK et al., 2016)

A criatividade não é um dom, é um modo de operar. É preciso desmistificar algumas noções do senso comum sobre ser uma pessoa criativa.  A criatividade é uma habilidade e, por isso, pode ser desenvolvida por meio de treinamento e aprendizado. Se ela nos ajuda a resolver problemas simples do nosso cotidiano, como as famosas gambiarras do dia a dia, porque não seria capaz de alavancar projetos que envolvem a arte e a criação de conteúdo?

É por isso que é possível afirmar com tranquilidade que ela é uma excelente aliada nas campanhas de marketing. Veja alguns exemplos de campanhas de Marketing Digital que foram estimuladas e desenvolvidas em unidade curricular do Campus Palhoça Bilingue.

Produção Multimídia – Pinterest

Como o próprio nome diz, a campanha foi veiculada junto à rede social Pinterest. O objetivo era formar uma comunidade de compartilhamento de trabalhos realizados por estudantes de Produção Multimídia, inspirações e dicas a respeito das áreas da Comunicação, Design, Audiovisual, Desenvolvimento Web e Libras, a fim de inspirar colegas e profissionais ligados a esses campos de atuação e estudo.

Douglas Pinheiro, Lia Heck, Lucas Cruz e Thayná Campos

A rede social Pinterest foi oficialmente lançada em março de 2010. Fundada por Ben Silbermann, Evan Sharp e Paul Sciarra e com sede em San Francisco, Califórnia, conta com aproximadamente 445 milhões de usuários mensais que a utilizam para encontrar ideias e inspirar suas próximas compras. O objetivo inicial da ferramenta era colecionar ideias interessantes em um só lugar. Mas, rapidamente se tornou uma rede social usada para buscar inspiração e referências dos mais variados temas. Ou seja, uma plataforma de “descoberta visual”.

Diante da popularidade dessa rede, a equipe de desenvolvedores do Perfil considerou o Pinterest com excelente potencial de uso por estudantes e profissionais já atuantes da área de Produção Multimídia. A campanha visava a criação de um espaço virtual que serviria como uma espécie de acervo de conteúdos e referências visuais reunidos de forma estratégica e organizada, com base na matriz curricular do Curso Superior de Tecnologia em Produção Multimídia. Além das cinco pastas principais, referentes aos cinco eixos do  curso, havia uma pasta criada exclusivamente para as produções dos alunos do campus, agregando ainda mais valor à proposta.

Inicialmente, na fase de planejamento estratégico, foram criadas personas levando em consideração o perfil dos estudantes do curso, seus possíveis interesses e necessidades. A imagem a ser consolidada era a de uma “rede social amiga”, pensada para facilitar o conhecimento e inspirar as produções dos produtores multimídia. Por isso, foi escolhido um tom de voz informal, assertivo e afetuoso.

Foi realizada a análise do mercado por meio de ferramenta denominada SWOT, iniciais em Inglês que representam as forças e fraquezas (internas), as oportunidades e ameaças (externas), respectivamente. Por meio dela, foi possível identificar que a  força da campanha estava concentrada na colaboração inter estudantil e em uma conexão inovadora.

Quanto ao planejamento tático, foi organizado de forma que os pins de cada eixo seriam salvos de acordo com cada dia da semana: segunda-feira do audiovisual, terça-feira do design, quarta-feira do desenvolvimento web, quinta-feira da comunicação, sexta-feira do bilinguismo. Aos sábados, os materiais enviados durante a semana pelos alunos do IFSC seriam postados/compartilhados.

Na fase inicial de lançamento, a equipe apresentou a estratégia de divulgação utilizando uma landing page, ou seja, recurso digital para captação e conversão de potenciais clientes. No anúncio, a Equipe enfocou o perfil criado no Pinterest e um PINCODE, o qual deveria ser disponibilizado nos murais das salas do IFSC, bem como nos demais espaços disponíveis pelo campus.

Por fim, na fase de monitoramento dos resultados com base na ferramenta analítica da plataforma, os dados mostraram que houve uma diminuição de 7 por cento no engajamento quando a estratégia do cronograma de postagens não foi seguida. Em contrapartida, os dados revelaram que houve um maior engajamento, de 20 por cento, quando aplicado o cronograma. Usuários interessados em saber mais podem acompanhar as novidades na referida plataforma, sob o perfil Produção Multimídia – Pinterest.

ProgramaIFSC

Anna Carolina, Elizandra Furtado, Giullia Nery e Maria Izabelle

A segunda campanha é referente ao projeto ProgramaIFSC, cujo posicionamento é “programação de alunos para alunos”. A campanha visou o oferecimento gratuito de materiais como vídeo aulas, slides e livros, bem como auxílio, sobre programação para os alunos de Produção Multimídia do campus Palhoça Bilíngue.

A campanha foi pensada para ser a primeira iniciativa de alunos a proporcionar conteúdos, dicas e suporte para outros alunos com dificuldades no universo da programação. Foram estudadas três personas, assim como na campanha anterior, de acordo com o perfil dos alunos de Produção Multimídia. O projeto buscou promover o engajamento com os assuntos do campus e ajudar os alunos principalmente com programação, mas não se limitando a isso. Nas redes, o intuito era criar espaço para divulgar assuntos extras, tanto do campus quanto do curso.

A rede social selecionada foi o Instagram, plataforma criada em 6 de outubro de 2010, que faz parte do grupo Meta e possui mais de 2 bilhões de usuários ativos mensais. Por ser uma rede social muito abrangente e que atua sobre todas as faixas etárias, a escolha teve em vista que a maioria dos estudantes são adeptos ao seu uso. Como o projeto era de baixo orçamento, por meio do perfil na plataforma seria possível alcançar um grande público sem grandes custos financeiros.

No planejamento estratégico, foi realizada a análise SWOT – supracitada –  bem como a adoção da ferramenta de gestão SMART, que ajuda a definir objetivos específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes, e temporais, respectivamente. A Equipe identificou que as forças do projeto estavam concentradas na inovação da proposta, design diferenciado e atrativo, perfil organizado, conteúdo intuitivo e de fácil acesso; e que havia um nicho específico, com quase nenhuma concorrência.

Com relação ao planejamento de conteúdo, foi estipulada a frequência de três postagens por semana (segunda, quarta e sexta) com disponibilidade para interações diárias com seguidores, além de publicações de stories diariamente, variando os horários. Já o formato das publicações foram os carrosséis no feed, um jeito mais simples e entendível para conteúdo, organizados na ferramenta “Guia”. Mas o principal formato de inserção escolhido foi o reels devido à grande entrega ao público. Por fim, o tom de voz escolhido foi descontraído, para facilitar a comunicação com os alunos, tendo em vista que alguns consideram a linguagem da programação complexa e difícil.

Ambas as campanhas de marketing demonstram a presença da criatividade como uma forte aliada. Com propostas inovadoras, os usuários podem ser beneficiados e inspirados a se engajarem com as iniciativas. Nos casos citados, os projetos foram pensados e desenvolvidos utilizando a criatividade, desde a fase da concepção até o produto final.

REFERÊNCIAS

BAACK, D.W.; et al. Advertising to businesses: Does creativity matter? Industrial Marketing Management, v. 55, p. 169–177, 2016.